Vida

Quando o corpo é novo e o pensamento é ultrapassado Part. 1

Eu não sei vocês, mas eu sou o tipo de pessoa que é ligada ao passado. Ok, acho que não me expressei tão claramente, vou explicar.. eu sou uma pessoa jovem de aparência e de idade, mas algo em mim funciona somente ligado ao passado dos meus pais ou avós: meu pensamento.
Eu sou o tipo de pessoa que gosta dos romances de antigamente. De como os homens ligavam mais para as mulheres e para o que elas tinham por dentro, e não somente para aparência como é hoje.
Eu gosto de rosas vermelhar em datas comemorativas (e não comemorativas também), gosto de dias ensolarados no parque e até mesmo namorar no portão.
Pode parecer ridículo, mas quando eu descobri que meu pai mandava cartas pra minha mãe toda semana e ursinhos de pelúcia, e ela guardava as cartas numa caixa dourada e os ursinhos na cama.. eu achei a coisa mais fascinante desse mundo.
O que eu quero dizer, é que o mundo de hoje está sem sentimentos. Ninguém mais demonstra, prova ou faz surpresas em pró do amor (e como recompensa ganha o sorriso da pessoa que ama).
Hoje o mundo é mais tecnológico, quer mostrar que ama? Posta uma foto com uma legenda clichê ou manda um ‘eu te amo’ no whatsapp. Não que esses meios de comunicação não sejam sinceros e não ajudem, mas são vazios (não são capazes de conter sentimentos).
Eu sinceramente viveria bem num mundo onde as cartas fossem o ponto alto do amor. Onde surpresas, romances e felicidades fossem levados a sério. Não me levem a mal quando digo ‘surpresas’, não quero dizer coisas caras ou que isso diga que eu seja materialista demais.
Quero dizer que qualquer coisa que alguém faça e você não esteja esperando, te traz uma felicidade rápida a instantânea, não precisa ser algo material.. só precisa conter amor e carinho pra ser inesquecível.
Podem falar o que for ou tentar explicar de qualquer maneira, mas o que falta no mundo.. é amor, vontade, tempo e disposição.
O ser humano ainda não descobriu que quando se demonstra o amor, se recebe o dobro em troca. Quanto mais amor você dá a alguém, mais ela quer passar o mesmo á você. Então, ao meu ver, seria uma troca justa: doar amor e receber amor.
Pois até onde eu sei, não vale a pena se só um faz, não é mesmo?

Com amor, Ariane Moura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s