Vida

Não há nada de errado em querer mais.

Porque raios as coisas não saem como nós planejamos?!
Nós nos empenhamos, corremos atrás do que queremos e nos moldamos para o bem comum, mas ai um toque do destino — ou seja lá como queira chamar — mudam todos os planos e nós terminamos de mãos atadas de novo.
Não omitirei fatos sobre mim, sei que nunca estou satisfeita com nada, com a vida, com relacionamentos, com amizades, com tudo e nunca estou satisfeita pelo simples fato de que eu penso que nós merecemos o melhor de tudo, se nós nos doamos ao máximo, amamos ao máximo e tentamos ao máximo… Porque não receber o máximo de tudo?
Porque deveríamos nos contentar com pouco se nós não somos pouco?
Eu procuro conquistar as coisas que quero — com a intensidade desejada — com meu esforço e dedicação.
Não sou daquelas que aceita o que a vida joga. Sou daquelas que corre atrás e ganha por esforço próprio — e com um pouco de ajuda do destino, talvez —.
Não omitirei fatos sobre minha vida, já amei muito e fui amada pouco, como já me amaram muito e eu me doei pouco, mas tudo em pró da felicidade.
Gravem isso: nada importa mais que a paz e a felicidade, tendo essas coisas, o resto vem como brindes.
O que tenho pra compartilhar e aconselhar, é que vocês devem mudar o que não trás satisfação pessoal, seja um trabalho, um amor, uma amizade ou uma vida.
Nós só temos a certeza de que a vida é uma só e amanhã é imprevisível, então porque desperdiçar essa única vida que temos com insatisfação? Com sonhos quebrados e alma pisada?
Nós podemos viver melhor. Se quisermos.

Apenas, Ariane Moura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s