Vida

Seja quem quiser ser, mas seja um pouco como sua mãe.

Ninguém é igual a ninguém, isto é fato. Apesar de conviverem juntas, nascerem no mesmo dia, mês ou ano, serem da mesma família, do mesmo grupo de amigos, não importa; porque ninguém é igual.
Mas nascemos um imenso papel em branco, que será preenchido por cada experiência que temos, por coisas que vemos e por pessoas que convivemos. Seremos um pouco de tudo o que presenciamos, ao final da vida.

Apesar das inúmeras pessoas que passaram por mim e ainda vão passar, apesar das experiências amorosas, amigáveis, escolares, curriculares e outras mais, eu escolho ser um pouco como você, mãe.

Eu escolho não porque nasci de você e amo você desde 1997, mas porque eu vejo em você uma mulher forte, alguém que apesar das desventuras da vida, jamais deixou de sorrir ao me olhar. Jamais deixou de viver e sentir.

Escolho ser forte como você, sorridente como você, transbordando amor como você, sem medo de dizer o que pensa, sem medo de fazer o que quer e sem medo de cair.

Escolho um dia, ser mãe e criar meus filhos como você, e ouvir também que eles querem ser como eu. Porque aí eu vou saber, que eu fui o meu melhor, como você foi o seu.

Apesar das desventuras da vida e das milhares de características diferentes entre nós, eu escolho te amar, hoje, amanhã e sempre.

Obrigada por ser um exemplo.
Ariane Moura 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s