Amor

Sobre a vida 

Trilha Sonora: Detonautas – Você me faz tão bem

Ela era indomável, muitos partilhavam dessa verdade e afirmavam que nada a mudaria. 

Mas ela se deixou ser domada pelo amor no teu peito que ardia como fogo cada vez que teus olhos cruzavam aqueles castanhos verdes distintos.

Deixava ser domada pela fome de toque e saciedade quando mergulhara em sua pele. 

Feito pôr do sol, que não precisa dizer pros outros que existe e que está lindo, porque ela sabe que está e todos percebem. 

Todos percebem que cada atitude gera uma consequência boa para ambos, pois tudo que é feito, é proposto e deliberado para o bem comum e pessoal.

E ele a fazia bem. Fazia-lhe bem em cada conversa aleatória sobre a vida, o passado, presente, futuro, sobre política ou sobre psicologia.

Cada conversa que tiveram se triplicava facilmente. Uma conversa ocorria com os lábios, uma com o coração e outra com os olhos.

E que conversa tinham, pareciam transbordar em mares calmos e profundos.

Quando ele inesperadamente lhe perguntou: “E agora? O que quer fazer da vida?”.

E refletindo, ela então soube que não fazia ideia do que queria fazer na vida, mas naquele instante, desejava incessantemente poder olhar aqueles olhos e partilhar conversas corriqueiras, o resto da vida se assim pudesse.

Ela soube que apesar da vida, dos caminhos percorridos, das escolhas feitas e do crescimento obtido nos últimos tempos, nada seria tão grandiosamente bom, se ele não estivesse ao lado dela.

Ariane Moura 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s