Vida

Bem vindo ao meu delírio – Parte 2

Mais uma vez me encontro aqui, nesse mesmo quarto, olhando a cômoda vazia sem o bilhete que eu pedi que você deixasse.
Me vi cometendo o grande erro de querer que você entrasse e desarrumasse as coisas, porque depois da tua bagunça, minha organização nunca mais foi a mesma.
Depois da tua partida, parei de arrumar o quarto, lavar as mãos duas vezes seguidas ou limpar as mesas de lugares quaisquer organizando as coisas por tamanho.

Antes de você ir, já tinha deixado de reparar nos detalhes, e foi por eles que nós nos apaixonamos e talvez seja por esse erro que nos encontremos assim agora.

Quando minha loucura foi maior que a lucidez, quando meu impulso e minhas escolhas foram maiores que o normal, você não ficou e foi louco junto. Você foi embora.

Achei que sendo loucos juntos, as lembranças viveriam para sempre e o nosso amor decidiria acompanhar as lembranças na viagem, mas não. Sendo loucos juntos, perdemos a essência e a decência de nos amarmos acima de todas as outras coisas.

Quando você chegou a minha porta, ela estava destrancada, com um tapete reluzente de tão limpo escrito: ‘Bem vindo’. E não era relacionado apenas à minha casa, era bem vindo também à minha vida, aos meus pensamentos mais insanos, ao meu coração visivelmente duro, mas sentimentalmente mole.

E vendo você entrar, eu sabia que era tudo o que eu queria, tudo o que eu desejava. Mas hoje, estou aqui novamente nesse quarto e não vejo mais suas coisas por perto.

Você foi embora e eu fiquei aqui.

Você não foi páreo para os meus delírios e nem justo para com nossos sentimentos.

Ariane Moura

Texto de base: Bem vindo ao meu delírio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s