Vida

Margarida 

Margarida
Guarda as amarguras da vida

Que insistem em permanecer
Enquanto você não me pertencer

Se for ficar, querida margarida
Deixe as amarguras ou dúvidas

Acalme o mar de idas
E seja a calmaria de vindas

Fique sempre pensando em viver
Uma vida inteira de prazer

Com o sol batendo em você
E te fazendo pensar, como é bom ser

Uma margarida, que ama
E fica incontida com toda essa imensa vida

Ariane Mourao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s