Vida

Quando o mundo acabar 

Nesse imenso mundo, quem chegarei a ser?
E se um dia for, quem saberá que fui?

Nesse imenso mundo, escrevo querendo que as palavras se perpetuem
Mas quando tudo acabar e nada restar, não haverá poema pra ler

Não haverá céu pra observar, pessoas para amar
Quando o mundo acabar, não serei ninguém pra lembrar

Enquanto o mundo não acaba, sonho meus planos e traço minhas rotas
Escrevo sem filtros e vivo com sorrisos

Tento amar alguém, que me ame também
Porque eu sei que quando o mundo acabar, vou morrer feliz por saber

Que um dia cheguei a amar você

E quando eu conseguir, meus planos concluir
Um coração pertencer, um caderno para escrever

Poderei aceitar que o mundo chegue então a acabar
Porque terei vivido, toda minha vida, em felicidade plena

Sabendo que as coisas que eu mais quis
Amar você, escrever sem parar, viver sem rédeas me segurar

Foram concluídas e nenhum fim do mundo,
Destruirá minhas melhores conquistas.
Com amor, Ariane Moura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s