Amor

Nota sobre vida e morte 

Vivi alguns anos da minha vida dizendo que te amava, olhando teus olhos e sorrindo dos teus sorrisos. Quando tudo acabou, passei mais alguns anos tentando superar e ficar viva, porque pra mim, ali, minha felicidade tinha se acabado.

Eu vivi tanto tempo achando tanta coisa, que não percebi que eu dizia que te amava incondicionalmente, sem nem ter conhecido as outras 7 bilhões de pessoas do mundo.

Eu fazia carinho no seu cabelo pra dormir, achando que aquela sensação era única, sem conhecer qualquer outra pessoa com qualquer outro cabelo para acariciar também.

E passei tanto tempo, sofrendo por tanta coisa, sem sequer pensar que eu tinha milhares de países pra conhecer, idiomas pra falar, céus pra observar antes de enfim, morrer.

Então percebi finalmente que a morte do nosso amor me trouxe na verdade, a vida.

Ariane Moura 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s