Amor

O amor nos torna frágeis

Lendo um livro me deparei com a frase: “O amor nos torna frágeis”; e foi como se um sino soasse em meus ouvidos.

Foi como se naquele instante, um terremoto atingisse meu cérebro e ao invés de revirar tudo, colocasse tudo em seu devido lugar.

Ao ler essa pequena e aparentemente insignificante frase, eu entendi.

Eu entendi porquê lutei tanto comigo mesma para não te amar e para fingir que não existiam sentimentos dentro do meu peito aflito.

O amor já me fez vulnerável e frágil o suficiente, a ponto de eu nunca mais querer me sentir dessa forma novamente.

Eu sabia até o presente momento, que o amor já tinha sido tão ruim comigo, que eu não poderia voltar a amar, a menos que existissem mil barreiras de proteção.

Mas depois desse terremoto, eu pude então entender que o amor não havia sido ruim comigo. Quem foi ruim de fato, foi uma pessoa, um outro ser humano repleto de carne, ossos e vazios.

E que você, é um outro ser humano completamente diferente de todos que eu já conheci, com um amor gostoso de viver.

Então, nessa simples frase eu percebi, que eu aceito ser vulnerável por esse amor que existe em nós, pois ele é diferente de todos.

Ariane Moura

2 comentários em “O amor nos torna frágeis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s